Memórias MRAM: mais uma revolução ?

De acordo com o amigo Fernando, que me encaminhou esta notícia, e com a revista Ciência Hoje, sim! As MRAM são memórias magnéticas, cujo processo de fabricação foi viabilizado (entenda-se barateado e descomplicado) por uma descoberta de pesquisadores do instituto nacional de metrologia alemão, que descobriram como reverter de modo eficiente a magnetização que caracteriza os bits 1 e 0, nossos velhos conhecidos. O resultado disso é o que você pode ler abaixo, retirado da notícia da Ciência Hoje.

A
MRAM terá a grande capacidade de armazenamento de um disco rígido, a
rapidez da memória RAM (memória de acesso randômico, na sigla em
inglês) e o baixo custo da memória flash. Por ser não volátil,
ela disponibiliza informações e programas imediatamente após a ligação
do computador. A inicialização será realizada num piscar de olhos. Por
não ter partes móveis, como o disco rígido, a MRAM não requer muita
energia para entrar em operação. Além disso, por ter alta densidade de
gravação, ela será fabricada em dimensões reduzidas.

Christian Guerreiro

Professor por vocação, blogueiro e servidor público por opção, amante da tecnologia e viciado em informação.


Ensino a distância em Tecnologia da Informação: Virtualização com VMware, Big Data com Hadoop, Certificação ITIL 2011 Foundations e muito mais.


Suporte o Tecnologia que Interessa!

Você acha que as informações compartilhadas aqui são úteis?
Então me ajude a produzir ainda mais e melhores conteúdos!


É muito fácil. Basta divulgar nossos treinamentos pra alguém que conheça!


E se for de Salvador, podemos estruturar um curso presencial para sua empresa!

Eu vou ficar muito grato (e quem fizer os curso também :)!