Pesquisa mostra taxa de erros assustadora em memórias DRAM

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/d3/RAM_n.jpg

Um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de Toronto analisou dezenas de milhares de servidores da Google e concluiu que a taxa de erros de memórias DRAM DIMM é de centenas a milhares de vezes maior que o esperado (3.751 erros "corrigíveis" por DIMM por ano, pra ser exato). Mas há um pequeno detalhe: a imensa maioria das memórias não traz o famoso ECC (Error Correction Code), e por consequência muitos destes erros sequer são detectados, e causam corrupção de dados, erros indecifráveis ou mesmo travamento do sistema. A conclusão é óbvia: não confie na sua memória! E quando se trata de ambiente corporativo, memória com ECC é requisito obrigatório, talvez até para as estações, ao menos as críticas. Mais detalhes sobre o estudo no StorageMojo.

Christian Guerreiro

Professor por vocação, blogueiro e servidor público por opção, amante da tecnologia e viciado em informação.


Ensino a distância em Tecnologia da Informação: Virtualização com VMware, Big Data com Hadoop, Certificação ITIL 2011 Foundations e muito mais.


Suporte o Tecnologia que Interessa!

Você acha que as informações compartilhadas aqui são úteis?
Então me ajude a produzir ainda mais e melhores conteúdos!


É muito fácil. Basta divulgar nossos treinamentos pra alguém que conheça!


E se for de Salvador, podemos estruturar um curso presencial para sua empresa!

Eu vou ficar muito grato (e quem fizer os curso também :)!