Google Wave, primeiras impressões

Recebi semana passada meu convite para o Google Wave e ainda estou me familiarizando com o bicho, mas já foi possível tirar algumas conclusões:
  • O Wave não é um cliente de e-mail, portanto não leve seus hábitos do e-mail para o Wave, embora haja quem queira integrar o GMail e o Wave, o que até acho interessante, mas são coisas diferentes;
  • O Wave não é um leitor RSS, embora possa se tornar uma excelente fonte de informação;
  • O Wave inclui um cliente IM, mas considerá-lo apenas isso seria subutilizá-lo;
  • O Wave é, acima de tudo, uma ferramenta de colaboração, por isso pense nas possibilidades de uso colaborativo da solução, seja criar um documento a N mãos, fazer uma reunião ou as duas coisas juntas;
  • Faça algumas buscas, especialmente nas ondas públicas, basta digitar with:public no campo de pesquisa. Há muita coisa interessante por lá, principalmente sobre o próprio Wave, já que nesse momento as pessoas querem entender como o serviço funciona. Vale destacar uma onda chamada "iGoogle Gadgets that work inside Wave", que traz o que o nome sugere, ou seja, gadgets da Google que funcionam dentro de uma onda, desde horóscopo até um player de vídeos do Hulu. E outra onda que merece atenção é a "Wave Guide: Wave's Greatest Hits", que traz links para as informações mais básicas sobre o serviço, desde como criar um link para uma onda até como incluir o Wave no seu blog.
Por enquanto é isso, espero que tenha sido útil. Quem quiser convites para o Google Wave, pode tentar aqui ou aqui. Outra leitura bem interessante é sobre Casos de uso do Google Wave, do Lifehacker.

Christian Guerreiro

Professor por vocação, blogueiro e servidor público por opção, amante da tecnologia e viciado em informação.


Ensino a distância em Tecnologia da Informação: Virtualização com VMware, Big Data com Hadoop, Certificação ITIL 2011 Foundations e muito mais.


Suporte o Tecnologia que Interessa!

Você acha que as informações compartilhadas aqui são úteis?
Então me ajude a produzir ainda mais e melhores conteúdos!


É muito fácil. Basta divulgar nossos treinamentos pra alguém que conheça!


E se for de Salvador, podemos estruturar um curso presencial para sua empresa!

Eu vou ficar muito grato (e quem fizer os curso também :)!