FISL 11: Criptografia para todos!

A palestra do Alberto Azevedo foi muito bacana também porque mostrou várias formas de utilizar criptografia, algumas não são novidade mas algumas são realmente diferenciadas. Ele estabeleceu uma classificação no estilo tamanho de roupa (P/M/G/GG) pada indicar se a criptografia a ser utilizada era algo mais simples ou mais complexo, ou seja, se era uma criptografia básica ou algo mais sofisticado e, por consequência, mais seguro. Eis os exemplos que foram utilizados:
  • Criptografia no Ubuntu
    • Criptografar uma pasta com o cryptkeeper (imagem acima)
    • Criptografar a pasta home na instalação
    • Criptografia total de disco (experimental)
  • Criptografia usando o Truecrypt
    • Criptografando com containers (é criado um arquivo que funciona como um disco virtual onde você copia os dados que quer criptografar)
    • Criptografando com esteganografia (abre um container ou um "subcontainer" a depender da senha digitada) - recurso anti-namorada-bisbilhoteira ;-)

Christian Guerreiro

Professor por vocação, blogueiro e servidor público por opção, amante da tecnologia e viciado em informação.


Ensino a distância em Tecnologia da Informação: Virtualização com VMware, Big Data com Hadoop, Certificação ITIL 2011 Foundations e muito mais.


Suporte o Tecnologia que Interessa!

Você acha que as informações compartilhadas aqui são úteis?
Então me ajude a produzir ainda mais e melhores conteúdos!


É muito fácil. Basta divulgar nossos treinamentos pra alguém que conheça!


E se for de Salvador, podemos estruturar um curso presencial para sua empresa!

Eu vou ficar muito grato (e quem fizer os curso também :)!