Desenvolvendo Apps para #smartphones

O mercado mobile está fervendo, isso todo mundo sabe! O detalhe importante é que nunca foi tão fácil entrar nesse mercado antes restrito. Me lembro dos tempos de professor de Java, quando o J2ME era visto como um bicho de 7 (ou mais) cabeças.

Alguns anos depois, a situação mudou muito. Não param de surgir "frameworks" e ferramentas diversas para facilitar o desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis, alguns bastante simples, outros bastante ambiciosos. Vamos citar alguns.

O OVI App Wizzard é a aposta da Nokia, que pretende fomentar o desenvolvimento de aplicações (na verdade um único tipo de aplicação - leitor de RSS) simplificando o processo. Basta selecionar o feed RSS e em poucos passos sua aplicação está pronta.

Seguindo a mesma linha da Nokia, a Google lançou o App Inventor, voltado (evidentemente) para dispositivos Android. Aqui a idéia vai além do RSS, e o usuário (sim, não precisa ser desenvolvedor!) pode criar sua aplicação visualmente, sem escrever uma linha de código sequer. O serviço ainda está em beta fechado, mas é possível se cadastrar e aguardar.

Iniciativas ainda mais sofisticadas existem, como o Rhodes, um framework que permite desenvolver (em Ruby) aplicações independentes de plataforma/smartphone, e o Phone Gap, que segue a mesma linha multiplataforma, mas utiliza HTML e Javascript. Ambos são livres e gratuitos.

Portanto, não deixe a onda passar, pegue sua prancha e pule agora! O mar já tá revolto! Via Daily Wireless.

Siga-nos no Twitter!
Receba os textos via e-mail ou RSS!
Confira outros textos sobre o tema!

Christian Guerreiro

Professor por vocação, blogueiro e servidor público por opção, amante da tecnologia e viciado em informação.


Ensino a distância em Tecnologia da Informação: Virtualização com VMware, Big Data com Hadoop, Certificação ITIL 2011 Foundations e muito mais.


Suporte o Tecnologia que Interessa!

Você acha que as informações compartilhadas aqui são úteis?
Então me ajude a produzir ainda mais e melhores conteúdos!


É muito fácil. Basta divulgar nossos treinamentos pra alguém que conheça!


E se for de Salvador, podemos estruturar um curso presencial para sua empresa!

Eu vou ficar muito grato (e quem fizer os curso também :)!