#FISL 12: #cloud computing

Assisti a várias palestras sobre computação em nuvem, já resenhei algumas, e resolvi concentrar as demais num post só. Já estou cansado de tanto escrever sobre as mais de 30 palestras que assisti :(

Cloud AWS - Problemas complexos, soluções simples

A palestra so Sérgio A. Pohlman mostrou como montar (e quais cuidados tomar) para usar a nuvem da Amazon gratuitamente. Vamos aos pontos mais importantes.

  • Antes de mais nada, é necessário criar uma conta em aws.amazon.com;
    • Necessário fornecer dados de cartão de crédito!
  • Depois é possível criar uma instância para testes, e escolher a ferramenta com a qual deseja trabalhar para o gerenciamento da AMI (termo usado pela Amazon para instâncias, ou máquinas virtuais);
    • O gerenciamento pode ser feito pelo próprio site, através da AWS API ou do Elasticfox, uma extensão para Firefox.
  • AMIs gratuitas são identificadas com uma estrela, e é bom ficar atento pois a Amazon tenta induzir a escolher uma AMI paga;
  • Instâncias EC2 perdem as atualizações quando são desligadas, instâncias EBS não, por isso é interessante escolher instâncias cujos dados são armazenados no sistema EBS, e não EC2.
  • AMI gratuita, tipo Micro - até 2 ECUs, 1 core, 613 MB RAM. Deve atender para serviços simples, especialmente rodando Linux.
  • Criar um par de chaves para acesso à AMI via SSH;
  • Escolher ou criar grupo de segurança, que vai definir regras de acesso a serviços, funcionando como firewall;

Depois de apresentar o passo a passo para usar as AMIs da Amazon, o Sérgio apresentou scripts desenvolvidos para resolver o problema da mudança de IPs, já que é necesário pagar mais caro por um IP fixo, e assi eles desenvolveram um conjunto de scripts que identifica os IPs em uso atualmente nas instâncias e corrige as configurações das máquinas (servidores web, aplicação, BD, etc).

Web Services e Computação em Nuvem com PHP

 A palestra do Flávio Gomes Silva foi bem legal, especialmente pra mim que não conhecia nada do framework Zend.

Ele mostrou que o Zend tem API pronta pra maioria dos serviços web 2.0 (Delicious, EBay, Flickr, Slideshare, Twitter e muito mais), e tem também suporte às nuvens da Microsoft (Windows Azure) e Amazon, através de uma camada de abstração que possibilitaria a independência de fornecedor, permitindo, por exemplo, portar sua aplicação para outro provedor sem alterações no código.

Depois ele citou o phpfog, um serviço de hospedagem gratuita de php, que ele usou pra fazer testes.

Alta disponibilidade de servidores web com as facilidades da nuvem

 A palestra do Antônio Carlos Pina, da Tecla, mostrou como projetar uma solução de balanceamento de carga pra aplicações web prevendo a utilização de recursos na nuvem. Destaco as informações que julguei mais interessantes.

  • A nuvem permite escalar aplicações horizontalmente sob demanda, garantindo que não seja necessário alocar mais que o necessário prevendo momentos de pico, otimizando assim a alocação de recursos;
  • Ele pontuou o problema da preservação de sessão em aplicações web e BD quando se faz balanceamento Round Robin;
  • Há duas maneiras de implementar balanceamento
    • NAT - usando soluções como LVS/IPS e Ultramonkey
    • Usando soluções de proxy reverso, como HAProxy e Varnish

Finalmente, comentou sobre as empresas nacionais que provêem IaaS:

  • Locaweb - segundo ele, usava VMware e agora é Xen Cloud
  • UOL Host - era Xen Server, e estaria migrando pra VMvware
  • Tecla - usa Xen community

Siga-nos no Twitter! ou Buzz
Receba os textos via e-mail ou RSS!
Confira outros textos sobre o tema!

Christian Guerreiro

Professor por vocação, blogueiro e servidor público por opção, amante da tecnologia e viciado em informação.


Ensino a distância em Tecnologia da Informação: Virtualização com VMware, Big Data com Hadoop, Certificação ITIL 2011 Foundations e muito mais.


Suporte o Tecnologia que Interessa!

Você acha que as informações compartilhadas aqui são úteis?
Então me ajude a produzir ainda mais e melhores conteúdos!


É muito fácil. Basta divulgar nossos treinamentos pra alguém que conheça!


E se for de Salvador, podemos estruturar um curso presencial para sua empresa!

Eu vou ficar muito grato (e quem fizer os curso também :)!