10 #tablets que marcaram 2011

A PC Magazine listou os 10 tablets mais populares de 2011. Seja pela qualidade, versatilidade ou simplesmente preço, cada um deles tem o seu mérito. Vamos à lista!

10º lugar - iPad

O clássico da Apple continua sendo um sucesso de vendas (no eBay, já que a Apple não vende mais), ainda é suportado pelo fabricante, e assim continua com espaço de destaque no mercado.

9º lugar - Acer Iconia Tab A500

O equipamento da Acer traz conexões USB e HDMI, processador Tegra 2, Android Honeycomb e peca apenas por não ter 3G ou 4G. Como figura numa faixa de preço abaixo do iPad, pode-se dizer que fez algum sucesso.

8º lugar - Blackberry Playbook

A tentativa da RIM de entrar na briga dos tablets não foi muito bem sucedida, como atestam as reduções de preço e a loucura recente de vender qualquer modelo pelo mesmo preço. Mas isso não significa que o equipamento é ruim. O maior problema é o software bugado, segundo a PC Mag.

7º lugar - Asus Eee Pad Transformer Prime

Primeiro tablet quad-core, o Transformer faz juz ao nome e, penso eu, pode ser o primeiro bem sucedido em substituir notebooks, graças ao teclado e dock elogiados pela crítica. A Asus diz que o Ice Cream Sandwich está chegando pra resolver os probleminhas do Honeycomb e tornar o tablet da Asus o mais bem sucedido da linha Android, quem sabe ?

6º lugar - Samsung Galaxy Tab

Também elogiado, o tablet da Samsung é uma das escolhas mais seguras em termos de tablet com android, e tem a "vantagem" de ter sido alvo de um processo da Apple alegando cópia do design do iPad, o que pode até servir de marketing, não é mesmo ? Fininho, rápido e bonito, sofre do mesmo mal de outros tablets que contam com interfaces de fabricantes (no caso, o Touchwiz) que dificultam as atualizações.

5º lugar - Motorola Xoom

Rápido, bonito, ótima tela e saída hdmi não foram suficientes para evitar o fiasco do Xoom, provavelmente pelo alto preço.

4º lugar - Amazon Kindle Fire

Indo na contramão da maioria dos grandes fabricantes, que tentaram bater de frente com a Apple, o sucesso do Amazon Kindle Fire (estima-se 4 milhões de unidades vendidas em dezembro!) revela que talvez seja mais interessante oferecer um tablet mais simples e com menor preço (U$199).

3º lugar - Asus Eee Pad Transformer TF101

O predecessor do Prime fez sucesso pela inovação do teclado, elogiado como já comentamos na 7ª posição, e também por ser o tablet mais barato à época (abaixo de U$ 400).

2º lugar - iPad 2

Assim como o iPad, o iPad 2 fez sucesso pela indiscutível qualidade. Mais fino e mais rápido (dual-core, 1 Ghz), tem duas câmeras e é uma ótima escolha pra quem pode pagar entre U$ 799 e U$ 999.

1º lugar - HP Touchpad

O tablet de maior sucesso em 2011 teve como maior mérito o preço, que chegou a incríveis (ou absurdos) U$99, movendo uma verdadeira horda às lojas em busca das últimas unidades, que a HP queria desovar de qualquer maneira. Apesar disso, o equipamento é rápido, e tem tamanho e resolução de tela semelhantes ao iPad. O maior problema era o WebOS, resolvido com uma versão do android customizada para rodar no equipamento.

Christian Guerreiro

Professor por vocação, blogueiro e servidor público por opção, amante da tecnologia e viciado em informação.


Ensino a distância em Tecnologia da Informação: Virtualização com VMware, Big Data com Hadoop, Certificação ITIL 2011 Foundations e muito mais.


Suporte o Tecnologia que Interessa!

Você acha que as informações compartilhadas aqui são úteis?
Então me ajude a produzir ainda mais e melhores conteúdos!


É muito fácil. Basta divulgar nossos treinamentos pra alguém que conheça!


E se for de Salvador, podemos estruturar um curso presencial para sua empresa!

Eu vou ficar muito grato (e quem fizer os curso também :)!