O verdadeiro custo do PS4, segundo o Clube do Hardware

O Clube do Hardware traz informações bastante esclarecedoras sobre os custos do PS4. E a conclusão é clara: não há imposto que justifique o preço! Confira os detalhes abaixo.
Sony Equilibra Custos de Hardware no PlayStation 4

O novo PlayStation 4 da Sony tem componentes e custos de produção inferiores ao preço, fato que contribui para a empresa atingir rapidamente a rentabilidade sobre as vendas, de acordo com o IHS.

Segundo o IHS, a custo de material para o PlayStation 4 equivale a US$ 372, porém, com a despesa de fabricação o valor aumenta para US$ 381, US$ 18 menos do que os US$ 399 do preço de venda do console nos Estados Unidos. No entanto, com outros gastos, a Sony inicialmente não obtém lucro nos consoles vendidos mas, devido ao baixo valor dos materiais e o declínio dos custos de hardware, a empresa provavelmente atingirá rentabilidade no futuro.

O PlayStation 4 é mais econômico do que a versão CECH-2001A do PlayStation 3 de 2009, que tinha custo de material e de produção de US$ 336, com preço de venda a US$ 299, observou o IHS.

Os componentes mais caros do Playstation 4 são o processador e a memória, que juntos custam US$ 188, pouco mais de 50% do valor dos materiais do console. Além disso, no PlayStation 4, a Sony integrou as funções do processador e do chip gráfico, afirmou o IHS.

"A Sony decidiu equilibrar a economia do console com o processador e a memória. O chip tem cerca de 350 milímetros quadrados, três vezes maior do
que qualquer outro chip fabricado usando a tecnologia de processo equivalente", disse Jordan Selburn, analista sênior principal para as plataformas de consumidor no IHS.

O processador usado é um AMD “Jaguar” de oito núcleos e um chip gráfico integrado, custando US$ 100, conforme estimativa do IHS, contra os US$
83,55 dos chips da IBM e NVIDIA usados no PlayStation 3. O custo da memória é cerca de US$ 88 contra apenas US$ 9,80 no PlayStation 3. O
aumento do custo é devido à adoção de memória GDDR5 no PlayStation 4.

De acordo com informações do IHS, a maior redução de custos está na unidade óptica, de US$ 66 do PlayStation 3 para US$ 28 no PlayStation 4. A
Sony cortou mais US$ 10 no custo dos materiais usando um design mais global e integrado para o PlayStation 4. O custo total dos dispositivos foi de US$ 40 na PlayStation 4, contra US$ 50,23 do PlayStation 3. Há também redução de US$ 5 na parte mecânica do projeto, incluindo gabinetes e conteúdo eletromecânico.

O IHS concluiu informando que o disco rígido do PlayStation 4 é US$ 1 mais barato do que o do PlayStation 3, apesar do aumento na capacidade de 120 GB para 500 GB. Tal redução reflete o declínio dos custos de discos rígidos nos últimos quatro anos.

Todo esse detalhamento torna as desculpas dadas pela Sony Brasil em relação ao valor sugerido do PlayStation 4 para o mercado brasileiro (R$ 4.000) ainda mais implausíveis, mostrando claramente que, ao contrário do que afirma a Sony, a empresa não tem prejuízo com o console.

Mais informações:
http://bit.ly/1hZfdN8


Receba nosso boletim semanal!
Tecnologia que Interessa!


Christian Guerreiro

Professor por vocação, blogueiro e servidor público por opção, amante da tecnologia e viciado em informação.


Ensino a distância em Tecnologia da Informação: Virtualização com VMware, Big Data com Hadoop, Certificação ITIL 2011 Foundations e muito mais.


Suporte o Tecnologia que Interessa!

Você acha que as informações compartilhadas aqui são úteis?
Então me ajude a produzir ainda mais e melhores conteúdos!


É muito fácil. Basta divulgar nossos treinamentos pra alguém que conheça!


E se for de Salvador, podemos estruturar um curso presencial para sua empresa!

Eu vou ficar muito grato (e quem fizer os curso também :)!