Cérebro num chip: ficção científica ou realidade ?


Que tal um chip com 16 núcleos de computação capaz de simular a atividade equivalente a 1 milhão de neurônios e um bilhão de sinapses ? Incrível, não ?

Este chip existe (pelo menos o protótipo), e se chama NeuroGrid. De acordo com o pessoal de Stanford responsável pelo projeto, é até 9000 vezes mais rápido que PCs convencionais, e vai permitir ampliar muito as possibilidades dos sistemas embarcados.

Além disso, o chip é muito econômico em termos de energia, e foi desenvolvido a partir da modelagem do cérebro humano. E é aí que está o problema.

Programar este tipo de componente requer (até agora, pelo menos) um neurocientisca com conhecimento sobre o funcionamento do cérebro e capaz de traduzir isto em código. Os pesquisadores estão trabalhando em compiladores e outras ferramentas que possam simplificar a programação do componente e viabilizar seu uso por programadores "normais".

O custo também é um problema (U$ 40 mil cada protótipo), mas sabemos que isso é mera questão de tempo, uma vez que o projeto se torne viável.

Acredito que o uso deste tipo de componente em dispositivos "vestíveis" (wearable) vai transformar a maneira como percebemos o mundo. A ficção científica e a realidade se aproximam rapidamente.

Via GigaOM.

Christian Guerreiro

Professor por vocação, blogueiro e servidor público por opção, amante da tecnologia e viciado em informação.


Ensino a distância em Tecnologia da Informação: Virtualização com VMware, Big Data com Hadoop, Certificação ITIL 2011 Foundations e muito mais.


Suporte o Tecnologia que Interessa!

Você acha que as informações compartilhadas aqui são úteis?
Então me ajude a produzir ainda mais e melhores conteúdos!


É muito fácil. Basta divulgar nossos treinamentos pra alguém que conheça!


E se for de Salvador, podemos estruturar um curso presencial para sua empresa!

Eu vou ficar muito grato (e quem fizer os curso também :)!