Sabe aquela coisa de feito é melhor que perfeito ? O ótimo é inimigo do bom ? Pois é.
Tenho estudado muito nos últimos anos, em especial dois tópicos: Big Data e Marketing Digital. E este último tópico me deu muitas idéias, mas também me causou uma mudança de comportamento que começo a achar ruim.
Comecei a estudar Marketing Digital por conta do site que mantenho com meus treinamentos. E quando você começa a estudar muito um assunto, fica ansioso pra colocar em prática o aprendizado. E qual a melhor forma de colocar em prática o que se aprende em Marketing Digital ? Blogar, claro! Perfeito! SQN 🙁
Seria perfeito se o significado da palavra blogar não tivesse mudado pra mim. Blogar agora significava criar um título otimizado para mecanismos de busca (o famoso SEO), utilizar palavras chave no texto, e o pior de tudo (pra mim), escrever mais do que estava acostumado, pois o Google não gosta (em princípio) de textos curtos. Segundo os especialistas, os textos que o Google mais gosta têm pelo menos 1500 palavras.
Isso tudo passou a martelar minha mente cada vez que ia escrever um texto, pois queria aliar um conteúdo bom pra você leitor, mas otimizado pro Google, Facebook, Twitter, etc, o que criou um problema, porque o texto nunva estava bom o suficiente, seja pelo título ruim, pelo não uso de palavras chave, hashtags ou pela quantidade insuficiente de palavras.
Em resumo, várias coisas que queria ter escrito acabei deixando de postar, e isto começou a me incomodar de tal forma que hoje resolvi escrever este texto pra dizer dane-se o SEO e o Marketing Digital!
Quero escrever o que tiver vontade, compartilhar o máximo possível de informações que tenha acesso e que acredito possam interessar a você, mesmo que isso não gere tanto tráfego pro blog nem matrículas em meus cursos.
Então é isso. Esperem mais textos cursos de agora em diante, como nos “velhos tempos”, sempre com as informações mais atuais sobre as tendências da tecnologia.
E você, prefere textos maiores com menos frequência, ou textos menores com mais frequência ?