Resumo do evento Amazon AWS Re:invent 2014

Com a chamada "Cloud is the New Normal", o evento da Amazon que aconteceu de 11 a 14 de novembro em Las Vegas mostrou o quanto a Big A de Seattle está avançando rapidamente na oferta de serviços na nuvem. É impressionante!

Transcrevo abaixo um trecho que email que recebi sobre o evento e que resume parte dele:
Lançamentos

Aurora: novo banco de dados, compatível com o MySQL 5.6. Cinco vezes mais performático que o MySQL tradicional por um décimo do custo de um banco de dados com qualidade comercial. O custo já anunciado é realmente muito menor que o custo de RDS tradicional. A redundância funcionará por meio de promover um read replica em caso de falha ou criar um banco novo de forma automática e transparente - e mesmo assim seria muito mais rápido do que realizar o 'recovery' do banco. O AWS também anunciou que terá ferramentas de migração dos bancos MySQL tradicionais;
 
Desenvolvedores: Após investirem muito nos devops com ferramentas como OpsWorks e Elastic BeanStalk (ok, eles também podem ser usados por desenvolvedores 'puros'...), o AWS lançou 3 ferramentas focadas no desenvolvedor com objetivo de fechar o 'ciclo' de dev: AWS CodePipeline, AWS CodeCommit e o AWS CodeDeploy. O CodeCommit é basicamente um 'github' onde pode colocar o seu código, o Pipeline serve para 'continuous delivery'. Mas o grande destaque é o CodeDeploy. A estória contada é que ele é um clone do projeto interno 'Amazon Apollo' que faz o que o nome diz: deploy do código :). Em ambos os keynotes, foi falado que quando um desenvolvedor deixa a Amazon o que sente mais falta é do 'Apollo'. Vale conferir; 
AWS Key Management Service: serviço que guarda as chaves criptográficas que podem ser usadas no S3, EBS e Redshift para encriptar o conteúdo. A idéia é sempre melhorar no quesito segurança e dar insumos para proteger ainda mais a sua infraestrutura; 
AWS Config: inventário de todos os seus componentes no cloud com histórico de mudanças. Se pensou em ITIL, o AWS já chama cada componente de 'CI' e gera este catálogo automaticamente mediante ativação. Julgamos ser um serviço essencial para qualquer cliente que use o AWS; 
AWS Service Catalog: criação de catálogos de recursos que os usuários podem usar e stacks que podem fazer deploy. O objetivo é padronizar o uso do AWS dentro da organização de forma que times diferentes usem os mesmos conjuntos de componentes. Previsto para o começo de 2015; 
EC2 Container Service (ECS): aderindo a febre (e real benefício) dos containers, este serviço permite que gerencie uma aplicação distribuida construida nos containers Docker dentro da estrutura de servidores EC2. Foi feita uma demonstração muito interessante do deploy de dezenas de containers em diversos servidores combinado com o recurso do AutoScaling. Ainda em preview, é necessário pedir para participar; 
AWS Lambda: sem sombra de dúvidas, o serviço mais 'revolucionário'. O AWS está evoluindo para ser um cloud orientado a eventos (um novo arquivo S3, um servidor EC2 que foi rebootado, um registro atualizado no DynamoDB, etc) e com isto seremos capazes de reagir a cada um deles associando uma função. Você escreve um código (por enquanto somente Javascript/Node.js) que pega os detalhes do evento e processa quaisquer ações dentro do Cloud, desde que tenha permissão. A ruptura é que para casos de uso puramente funcionais, não é necessário mais uma instância EC2 para executar um simples pedaço de código! Com o Lambda os eventos são executados instantaneamente e maciçamente em paralelo. É fácil imaginar a diminuição de complexidade e ganho de produtividade imediatos. Ainda em beta privado, é necessário pedir permissão para participar; 
Novas instâncias C4. Os maiores servidores virtuais do mercado com suporte até 36 cores. No evento a própria Intel revelou que um novo processador foi criado especificamente (e por enquanto exclusivamente) para o AWS rodar workloads gigantes;
EBS com 16TB: muito esperado por todos, será possível em breve ter discos de até 16 TB com até 20.000 Iops (hoje só se chega até 1 TB). Diminui muito a necessidade de se criar RAID 1+0 para grandes partições!
Observem o enfoque em lançamentos relacionados ao que há de mais recente em tecnologias para desenvolvimento de aplicações (seguindo a tendência DevOps e os princípios do ITIL) e serviços de infraestrutura (Docker ataca novamente!).

As apresentações estão no Youtube e Slideshare. Muita coisa interessante. Muita mesmo!

Aviso: a partir deste ponto :)

Confesso que esse tipo de coisa me dá uma certa angústia, pois me lembra que, enquanto toda esta tecnologia e inovação está disponível mundialmente, em terras tupiniquins tem muita gente que poderia aproveitar tudo isso como oportunidade de mudança (pra melhor!), mas se contenta em "pegar um canudo na facul" e reclamar do mercado.

O mercado é global, as tecnologias estão disponíveis, e no caso da Amazon, você tem 1 ano (UM ANO INTEIRO!) pra testar, aprender e descobrir como utilizar a tecnologia a seu favor, sem custo (desde que tome alguns cuidados).

Por isso, pare de reclamar e comece a mudar sua realidade. Não é tão difícil quanto parece!

Você não imagina o quão barato foi montar este site aqui, por exemplo. A bem da verdade, se eu fosse desenvolvedor, teria saído de graça!

Aos que têm a motivação necessária, deixo aqui o convite pra colocar seus comentários abaixo, e prometo ajudar da melhor forma que puder.

ps: não ganho nada da Amazon por divulgar os serviços dela, e se tiverem informações de outros provedores, ficarei feliz em compartilhar também.

Christian Guerreiro

Professor por vocação, blogueiro e servidor público por opção, amante da tecnologia e viciado em informação.


Ensino a distância em Tecnologia da Informação: Virtualização com VMware, Big Data com Hadoop, Certificação ITIL 2011 Foundations e muito mais.


Suporte o Tecnologia que Interessa!

Você acha que as informações compartilhadas aqui são úteis?
Então me ajude a produzir ainda mais e melhores conteúdos!


É muito fácil. Basta divulgar nossos treinamentos pra alguém que conheça!


E se for de Salvador, podemos estruturar um curso presencial para sua empresa!

Eu vou ficar muito grato (e quem fizer os curso também :)!