Usando Energia Solar pra Extrair Água do AR

Extrair Agua da Humidade do Ar

Limites e barreiras no mundo científico e tecnológico são quebrados cada vez com maior frequência, nos aproximando rapidamente do futuro prometido pelos livros e filmes de ficção científica. Vivemos em plena revolução digital e a era moderna nunca foi tão acelerada. O futuro está acontecendo agora e nós somos espectadores privilegiados.

Nos Estados Unidos, uma equipe de cientistas e investigadores liderada por Evelyn Wang desenvolveu um equipamento capaz de extrair água do ar, movido a energia solar. A boa nova foi publicada na revista tecnológica Science e explica que dispositivo permite extrair água em ambientes de elevada humidade do ar, nomeadamente na ordem dos 20 por cento ou superior.

Além disso, este dispositivo é bem mais econômico do que os convencionais desumidificadores, por exemplo, que ainda trabalham apenas com energia elétrica. O que significa que este passo tecnológico é um avanço estrondoso que, além de amigo do ambiente, pode revelar-se de extrema utilidade em ambientes onde existe falta de água.

Segundo a equipe de pesquisadores, este aparelho é desenvolvido a partir de uma estrutura metálico-orgânica de um material especial, que permitiu extrair do ar, num período de cerca de 12 horas, mais de 2,8 litros de água. São números bem interessantes, não acha?

Este invento, desenvolvido e assinado pelo conceituado MIT (Massachusetts Institute of Technology), surge no seguimento da estrutura metalico-orgânica que a equipe chefiada pelo químico Omar Yaghi patenteou no ano de 2014, a partir de uma combinação de zircônio e ácido adípico, capaz de absorver água. Daí até à ideia de utilizar esta estrutura para criar um sistema coletor de água foi apenas um pequeno passo, num processo que durou menos de três anos.

A forma como este dispositivo funciona é muito simples. Em termos leigos, podemos dizer que este é constituído por quase dois quilos de cristais da tal estrutura metálico-orgânica, que têm cada um deles o tamanho de um grão de areia e que, por sua vez, são comprimidos entre um absorvente de energia solar e um condensador. Depois são postos no interior de uma câmara com uma abertura para o exterior. Isto significa que, à medida que o ar se dispersa ao longo dessa estrutura porosa, as moléculas de vapor de água ligam-se às superfícies interiores da câmara.

Por sua vez, quando a luz do sol aquece a estrutura, as tais moléculas de vapor de água são absorvidas para o condensador que, como está à temperatura exterior, leva a que o vapor condensado se transforme em estado líquido e goteje para o interior do coletor.

Apesar de ainda ser um protótipo e de estar num estádio muito inicial, este dispositivo pode ser um avanço importantíssimo para levar água a locais onde esta está em falta, como o deserto ou cenários de crise. A equipe de cientistas acredita ser possível ajustar o aparelho de forma a torná-lo mais rentável, nomeadamente utilizando outros materiais de construção mais baratos por exemplo, e permitindo que este seja igualmente eficiente em ambientes em que o nível de humidade do ar apresente valores mais baixou ou mais altos que os 20 por cento.

Além disso, o fato de trabalhar a energia solar, permite-lhe uma grande portabilidade e um rendimento energético difícil de comparar com outros dispositivos do gênero.

Conclusão

Esta notícia em especial me chamou a atenção, por se tratar de um feito que pode transformar drasticamente a vida de pessoas que vivem em áreas carentes, sem saneamento e infraestrutura. Que tenhamos cada vez mais iniciativas como esta!

Christian Guerreiro

Professor por vocação, blogueiro e servidor público por opção, amante da tecnologia e viciado em informação.


Ensino a distância em Tecnologia da Informação: Virtualização com VMware, Big Data com Hadoop, Certificação ITIL 2011 Foundations e muito mais.


Suporte o Tecnologia que Interessa!

Você acha que as informações compartilhadas aqui são úteis?
Então me ajude a produzir ainda mais e melhores conteúdos!


É muito fácil. Basta divulgar nossos treinamentos pra alguém que conheça!


E se for de Salvador, podemos estruturar um curso presencial para sua empresa!

Eu vou ficar muito grato (e quem fizer os curso também :)!