O “Segredo” da Qualidade nos Serviços de TI (recado para empresas da Bahia)

//O “Segredo” da Qualidade nos Serviços de TI (recado para empresas da Bahia)

O “Segredo” da Qualidade nos Serviços de TI (recado para empresas da Bahia)

Qualidade de Serviço de TI através do ITIL
A história que vou contar pra você hoje foi uma grata surpresa pra mim.
Tenho tido boas surpresas com o mercado baiano apesar da crise e de toda a fama (merecida, diga-se de passagem) de mercado ruim (péssimo!) para profissionais e empresas de TI.
Não vou entrar no mérito das causas dessa realidade, pois até já discutimos algumas questões relacionadas ao mercado baiano neste texto aqui.
Meu objetivo hoje é outro.
Quero mostrar pra você que há sim casos de exceção que demonstram que é sim possível, mesmo diante das adversidades, contra tudo e todos, fazer diferente, fazer a diferença.
Vou explicar como tudo aconteceu…
Estava eu, num dia como qualquer outro, passeando tranquilamente pela minha interminável lista de mensagens não lidas, quando de repente…
Omiti o tema do treinamento de propósito, e você já vai entender porquê.
Foi a primeira vez que uma empresa me contactou para um treinamento.
Em geral sou contactado por empresas para patrocinar o blog através de anúncios, banners, até mesmo para fornecer indicação de profissionais de TI, mas para contratar um treinamento foi a primeira vez (através do blog).
Isso inclusive me despertou para um aspecto que não dava muita atenção até então: divulgação de treinamentos para empresas de TI, e não somente para os profissionais diretamente, que muitas vezes não têm disponibilidade financeira ou não entendem que adquirir um treinamento é um investimento que tem retorno praticamente garantido.
Bom, mas voltando…
Conversei com o dono da empresa, e foi agendada uma reunião com os responsáveis do financeiro e dos profissionais a serem treinados, quando apresentei a proposta e, principalmente, os benefícios do treinamento para a equipe deles e, consequentemente, para a qualidade do serviço da empresa, que se traduziria em melhores resultados para todos: clientes, funcionários da empresa e gestores.
Fico impressionado como ainda encontramos muitos profissionais e empresas que não entendem a importância de se capacitar continuamente, através de eventos, treinamentos formais presenciais ou online, num mercado extremamente dinâmico como o de TI.
Mas não vou divagar…
A conversa com a empresa foi muito boa, e aqui quero registrar a minha felicidade em saber que há organizações baianas com uma mentalidade verdadeiramente focada na qualidade do serviço para o cliente, fazendo investimentos para qualificar suas equipes visando entregar o melhor para o seu cliente e, com isso, crescer e prosperar cada vez mais, ainda que as condições do mercado não sejam as melhores.
Definimos então uma agenda para o treinamento, que foi realizado nas instalações da empresa.
A interação durante a passagem dos conteúdos foi muito boa, e a motivação dos profissionais foi fundamental para permitir, com a participação deles, levar os conteúdos teóricos o mais perto possível da realidade de cada um, usando exemplos das suas atividades de rotina e demonstrando como os conceitos e técnicas aprendidos poderiam ser úteis e aplicáveis para fazer cada vez melhor o trabalho.
Aqui creio que você já deve ter percebido que o treinamento em questão tratava de ITIL, o modelo de Governança de TI que se tornou referência em qualidade na prestação de serviços de TI, e que serviu de base para a instituição das normas ISO 20000.
Chamo a atenção para este ponto, pois penso que o fato de uma empresa buscar esse tipo de treinamento como vantagem competitiva é algo surpreendente num mercado em que a quantidade de empresas com certificações na área de qualidade é bem reduzida, demonstrando que a empresa em questão tem a correta percepção do baixo nível de qualidade de serviço de TI entregue no mercado baiano, aquém do necessário para que se tenham clientes efetivamente satisfeitos, salvo raras exceções.
E aqui faço uma provocação.
É muito comum vermos queixas de profissionais pelos baixos salários pagos pelas empresas, mas é praticamente impossível ver uma discussão no sentido de criar uma empresa que pague bem porque tem diferenciais que permitem, através da qualidade de serviço entregue ao cliente, crescer no mercado e se posicionar de maneira diferenciada.
Como disse no início, esta experiência foi muito surpreendente e gratificante pra mim.
Especialmente porque comecei o treinamento dizendo, como sempre faço…
“O ITIL te torna um profissional melhor, mesmo que você não perceba diretamente, pois o simples fato de ter acesso a este conjunto de conhecimentos sobre qualidade de serviços de TI já transforma a sua maneira de ver o trabalho que realiza”
E terminei o treinamento ouvindo de um dos profissionais…
“Somos profisionais diferentes, melhores. Tenha certeza de que o objetivo foi cumprido, e que estamos muito satisfeitos.”

Conclusão

É fantástico ver a satisfação mútua por um trabalho bem realizado, não é mesmo?
Melhor ainda é saber que, através deste trabalho, você está contribuindo para melhorar a situação do mercado profissional da sua cidade, permitindo a empresas e profissionais enxergarem novas possibilidades além da lamentação.
Agradeço todos os dias por me ter sido dada a oportunidade de fazer a diferença, de pouquinho em pouquinho.
Todos podemos fazer a diferença. Faça você também!
Comece deixando aqui seu relato de experiência, semelhante ou diferente, que possa contribuir para esta discussão tão importante sobre como melhorar a realidade do mercado de TI na Bahia.
Tente incentivar os gestores da empresa em que trabalha a perceberem este “segredo” que não tem nada de secreto: sem capacitação não há qualidade; sem qualidade não há resultado satisfatório, e sem resultado não há sucesso pra ninguém.
By |2018-08-29T10:16:40+00:00agosto 24th, 2018|Sem categoria|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment