A criptomoeda é uma moeda digital construída com protocolos criptográficos que tornam as transações seguras e difíceis de falsificar. A característica mais importante de uma criptomoeda é que ela não é controlada por nenhuma autoridade central: a natureza descentralizada a torna teoricamente imune às antigas formas de controle e interferência do governo. Elas facilitam a realização de qualquer transação, pois as transferências são simplificadas através do uso de chaves públicas e privadas para fins de segurança e privacidade. Essas transferências podem ser feitas com taxas mínimas de processamento, permitindo que os usuários evitem as altas taxas cobradas pelas instituições financeiras tradicionais.

Bitcoin no Brasil

Satoshi Nakamoto, o misterioso inventor do Bitcoin – primeira e mais importante criptomoeda – nunca pretendeu inventar uma moeda. Em seu anúncio do Bitcoin no final de 2008, Satoshi disse que desenvolveu um sistema de dinheiro eletrônico peer-to-peer para evitar gastos duplicados. A parte mais importante da invenção foi que ele encontrou uma maneira de construir um sistema de caixa digital descentralizado. Nos anos noventa, houve muitas tentativas de criar dinheiro digital, mas todos falharam. Depois de ver todas as tentativas centralizadas falharem, Satoshi conseguiu construir um sistema de caixa digital sem uma entidade central. Como uma rede peer-to-peer para compartilhamento de arquivos. Esta decisão tornou-se o nascimento da criptomoeda. Era a peça que faltava e que Satoshi encontrou para criar o bitcoin. Satoshi provou que era possível e sua principal inovação foi alcançar consenso sem uma autoridade central. Criptomoedas são parte desta solução – a parte que tornou a solução emocionante, fascinante e ajudou a circular pelo mundo. Basicamente, as criptomoedas são chamadas de Crypto Currencies porque o processo de consenso é protegido por criptografia forte. Criptomoedas são construídas em criptografia, não são protegidos por pessoas ou por confiança, mas por matemática. É mais provável que um asteroide caia em sua casa do que um endereço de bitcoin seja comprometido.

Atualmente, as criptomoedas se tornaram um fenômeno global conhecido no mundo inteiro. Embora ainda de forma discreta e não bem compreendida pela maioria das pessoas, os bancos, governos e muitas empresas estão cientes de sua importância. Em um futuro bem próximo, será difícil encontrar um grande banco, uma grande firma de contabilidade, uma empresa de software proeminente ou até um governo que não tenha pesquisado sobre criptomoedas. Principalmente devido às suas propriedades revolucionárias, as criptomoedas tornaram-se um sucesso. Seu inventor, Satoshi Nakamoto, não se atreveu a sonhar com isso. Embora todas as outras tentativas de criar um sistema de dinheiro digital não atraíssem uma massa crítica de usuários, o Bitcoin tinha algo que provocava entusiasmo e fascínio. Às vezes parece mais religião que tecnologia.

“Nos próximos anos,

veremos governos nacionais darem grandes passos

no sentido de instituir uma sociedade sem dinheiro,

onde as pessoas farão transações

usando moedas digitais centralizadas.

Simultaneamente, as criptomoedas descentralizadas

– que alguns até veem como dinheiro mais difícil –

verão um aumento no uso em todos os setores. ”

– Caleb Chen, London Trust Media