Ele está de volta!

Pois é…

Demorou…

Foi difícil…

Cheguei a pensar que não ia mais rolar…

Mas eis que, de repente…

O informativo semanal volta a circular nas páginas do Tecnologia que Interessa!

Em novo formato, “descompromissado”, mas sem descuidar dos critérios de qualidade que sempre foram a base das notícias e análises que publico por aqui.

Nada de estrutura rígida, fixa, “retinha”…

Vou compartilhar aqui com vocês, com a maior frequência que puder, aquilo de mais interessante que encontrar nas minhas andanças pela web, como sempre fiz.

Porém priorizando a frequência em detrimento do formato. Daí vem a ideia de descompromissado, pois não pretendo abordar sempre os mesmos temas, afinal não existe uma agenda rígida que obrigue fabricantes, empreendedores e todos os que alimentam este mundo de ideias e novidades tecnológicas, a divulgar periodicamente seus feitos.

Mas chega de papo bobo e vamos… Ah… você já sabe! 🙂

Empreendedorismo e Produtividade

Startups estão mais na moda do que nunca, e pra melhorar ainda mais o ambiente de negócios, o Estadão noticia que elas estão se distribuindo pelo país, em locais como Manaus e Caxias do Sul, que abrigam empresas de grande sucesso como DreamKid Studio e OCA Brasil.

Big Data | Ciência de Dados | Inteligência Artificial | Machine Learning

Que tal ser recebido por um robô na entrada do restaurante?

Num restaurante da China, isto já é realidade desde 2012!

A Universidade de Stanford disponibilizou diversos cheat sheets sobre Machine Learning, incluindo temas como aprendizado supervisionado, Deep Learning e várias dicas para ajudar no seu projeto de IA.

Virtualização | VMware | Cloud

A tendência de hiperconvergência continua forte, mas é importante considerar a realidade de cada organização, em especial o nível de maturidade para adoção da nova tecnologia. Além disso, vale conferir o quadrante mágico do Gartner, que sempre traz informações valiosas para auxiliar na identificação de fornecedores e melhor entendimento de novas tecnologias a serem adotadas. Lá você verá que, além da VMware, outros players importantes do mercado como Nutanix, Dell e HP são opções a serem avaliadas, pois também constam no quadrante de líderes.

Saiba mais...  Google Squared é resposta ao Microsoft Bing

DevOps | Agile

De acordo com a Microsoft, “Conhecido anteriormente como TFS (Team Foundation Server), o Azure DevOps Server é um conjunto de ferramentas colaborativas de desenvolvimento de software, hospedadas localmente. O Azure DevOps Server integra-se com seu IDE ou editor existente, permitindo que sua equipe multifuncional trabalhe de forma eficaz em projetos de todos os tamanhos.”

Há uma versão gratuita, “Express”, que pode ser atualizada para a versão paga, mantendo histórico e facilitando a migração das aplicações para a nuvem Microsoft. Movimento bastante inteligente da Microsoft, facilitando a vida de quem faz muita diferença na hora de adotar (ou não) serviços na nuvem em qualquer empresa: os desenvolvedores.

De acordo com a Computerworld, engenheiro de DevOps é o cargo de TI mais requisitado de 2018 no Linkedin.

Linux | Software Livre | Dados Abertos

Só eu achei bem bonita a interface do KDE no Ubuntu 18.10?

Conheço um dos devs do KDE e, embora não acompanhe de perto há anos, sei que há uma preocupação grande com qualidade, desempenho e inovação.

Windows | Microsoft | Azure

Você sabia que o Azure já oferece Windows em desktops virtuais?

A tendência de serviços na nuvem já está consolidada em vários locais do mundo, mas, IMHO, muito graças à adoção individual, pois quando se trata de ambiente corporativo, as questões são mais complexas, em relação a licenciamento, por exemplo, o que torna o processo bem mais lento.

Especificamente no caso da Microsoft, noto um movimento para “forçar” uma migração para a nuvem através de preços proibitivos para manter licenciamento de produtos localmente, no modelo on-premise. Isso me parece um erro, pois pode provocar questionamentos e, em última análise, uma reflexão sobre os impactos de adotar soluções alternativas, mais amigáveis a empresas que não têm tanta pressa assim de migrar.

Saiba mais...  Google Dashboard

Bitcoin | Criptomoedas | Blockchain

Diante do momento delicadíssimo do mercado de criptomoedas, resolvi deixar aqui uma provocação pra você.

Se tivesse comprado 100 dólares de Bitcoin há um ano, teria hoje cerca de 19 dólares, um prejuízo de 81%! Porém, se tivesse comprado há 2 anos, teria aproximadamente 450 dólares, um lucro de 350%!

Isso mostra claramente a importância de saber o momento certo de investir. Infelizmente, a maioria das pessoas acaba errando na hora de investir por se deixar levar pela emoção.

Como dizia Warren Buffet, “Seja ganancioso (compre) quando todos estão com medo, e seja medroso (venda) quando todos estão gananciosos”.

Você concorda com ele?

Conclusão

Estou feliz por ter conseguido, com um esforço relativamente baixo, retomar o informativo.

Espero que seja tão útil pra você quanto foi (e é) pra mim.

Sempre aprendo muito elaborando o texto, pesquisando informações complementares, revisando, enfim.

Como sempre, seu feedback é essencial.

Então, me diz aí, gostou da volta do informativo?

Tava até pensando em deixar de acompanhar o blog pela falta dele?

Tem alguma sugestão pra melhorar?

Desde já agradeço muito!

Até o próximo.