Search Results for: label/cloud computing

Teoria CHA: Como Transformar Conhecimentos e Habilidades em uma Carreira de Sucesso!

Sobrecarga de Informação (Redes Sociais, Blogs, Youtube, etc!)

Eu estava refletindo estes dias sobre e me dei conta do enorme erro que vinha cometendo aqui no blog.

Por isso resolvi escrever este texto para me redimir (assim espero :).

Pense comigo…

Informação virou commodity.
Fato!
Milhões de blogs e sites compartilham informação ininterruptamente na web.
A frase “Se não está no Google, não existe” é cada dia mais verdadeira.
Mais do que isso…
A quantidade de fontes da mesma informação se multiplica, e muitas vezes é difícil distinguir qual a informação correta, verdadeira.
Um blog diz uma coisa, outro site o contrário, e um terceiro diz que os outros dois estão errados.
Complicado.
Por isso sempre tive o cuidado de pesquisar antes de compartilhar qualquer informação aqui com você.
Tenho certeza que você (assim como eu) é bombardeado e até soterrado às vezes, em razão do volume absurdo de dados que temos acesso por email, whatsapp, Facebook, Instagram, Linkedin, Google+, Twitter, além de uma infinidade de outras fontes da Internet.
Esse volume de informação gerou o gravíssimo problema das notícias falsas, o que leva muita gente a replicar informação sem o devido cuidado.
Não quero ser mais uma fonte de informação não confiável na web.
A autoridade, reputação e credibilidade estabelecida ao longo de anos pode ser perdida da noite pro dia.
Basta um texto falando besteira, como vemos aos montes por aí.
É por isso que evito adotar, como muitos blogs fazem pra angariar cliques, a “polêmica do dia”.
Até emito minha opinião, mas busco sempre fornecer informação confiável e recomendar que você tire suas próprias conclusões.

Sempre busquei compartilhar o máximo possível de conhecimento.

Só que…

Conhecimento não é nada!

Sempre tive o um desejo interno de compartilhar tudo que aprendo, e até hoje me angustio por não conseguir compartilhar na velocidade que gostaria.

Aumentei muito a velocidade com que aprendo, mas não consigo compartilhar no mesmo ritmo.

Quem sabe um dia resolvo isso.

Nessa rotina de compartilhar conhecimento, nunca parei pra pensar que conhecimento, sozinho, não serve de muita coisa.

Se você sabe de cor as receitas dos melhores chefs do mundo, mas não gosta de cozinhar, este conhecimento serve pra quê?

Como diria Tadeu Schmidt… pra nada!

Pois é.

Por isso resolvi trazer pra você a Teoria CHA, base da chamada Gestão por Competência, que ganhou força no Brasil anos atrás.

Mas o que é essa tal Teoria CHA?

Essa teoria estabelece que são necessários três elementos para que se chegue ao resultado desejado: ConhecimentoHabilidade e Atitude!

Conhecimento é o saber, ou seja, é deter a informação que, uma vez absorvida, internalizada, se torna conhecida do indivíduo, do profissional.

Aqui no blog você tem acesso a uma vasta gama de conhecimentos compartilhados ao longo de mais de 9 anos!

Alguns números ilustrativos:

A grande questão é: O QUE VOCÊ FAZ COM TODO ESSE CONHECIMENTO?

Habilidade é Fundamental

Explorando um pouco mais a “trilogia” CHA, temos o H da Habilidade.

Habilidade é o “saber fazer”, a capacidade de colocar em prática o conhecimento.

Ou seja, você não apenas tem a “receita do bolo”, mas sabe como manusear os ingredientes, os utensílios, e fazer a receita de forma que o resultado seja uma comida que agrade o paladar.

Mas veja que a habilidade tem a ver com capacidade, saber.

Em outras palavras, habilidade significa que você pode fazer algo com o conhecimento.

Significa que você é capaz de usar o conhecimento de forma prática.

Porém, muitas pessoas não “entram em campo”, ou seja, ficam só na arquibancada, “palpitando”…

Se fosse eu… faria diferente.

Se eu tivesse uma chance dessas… não desperdiçava.

O comportamento dessas pessoas deixa claro que não basta ter conhecimento e habilidade.

Atitude Faz a Diferença!

Atitude é o “querer fazer”.

É a vontade.

É o desejo.

É a motivação pra “fazer acontecer”.

Sem isso, de nada vale ser uma verdadeira Wikipedia de conhecimentos.

Sem isso, de nada vale ter zilhões de habilidades.

Pois, sem atitude, tudo não passa de teoria.

Tudo não passa de “Se…”.

E como dizia meu avô… “Se meu pai não morresse tava vivo.”

Condicionais não levam ninguém a lugar nenhum.

Ficar apenas no “Se…” não vai melhorar em nada sua vida.

E é por isso que resolvi escrever esse texto de hoje.

Pra te deixar a seguinte pergunta:

Que atitude você vai ter em relação aos conhecimentos que adquiriu?


Que atitude você vai ter em relação às habilidades que desenvolveu?


Pra exemplificar, vou mostrar algumas atitudes que você pode tomar hoje mesmo e que farão muita diferença em sua vida (eu garanto!).

Você pode escolher um dos métodos de produtividade que listamos aqui e aplicar no seu dia a dia pra aumentar seu desempenho no trabalho e até na vida pessoal.

Você pode usar nosso guia sobre virtualização de servidores pra iniciar a transformação dos servidores físicos da empresa em virtuais e ter acesso à infinidade de benefícios que a tecnologia proporciona (para saber como eu posso te ajudar, clique aqui).

Você pode usar nosso guia de computação em nuvem (e a série recente sobre os serviços da Amazon) pra levar as máquinas virtuais da empresa pra nuvem, ou mesmo pra fornecer serviços pros seus clientes através da nuvem (tenho pensado bastante em formas de fazer isso!).


Estes são apenas alguns exemplos, uma pequena amostra do que você pode fazer pra adquirir conhecimentos, desenvolver habilidades e, principalmente, ter atitudes que vão te levar mais perto dos resultados que tanto deseja na sua carreira profissional e na sua vida.

Conclusão


Espero que tenha ficado muito claro pra você que conhecimento é apenas parte da equação do sucesso.

No meio do Tsunami de informações que nos afogamos diariamente, muitas vezes fica difícil se situar.

Mas não se perca nesse mar revolto de dados e conhecimentos.

Busque sempre ter em mente a importância de desenvolver habilidades para usar seus conhecimentos e ter atitude pra colocar estas habilidades em prática.

Você vai ver que isso realmente funciona, faz toda a diferença.

Você não faz ideia da quantidade de pessoas (especialmente aqui no Brasil) que têm um potencial enorme, mas não faz nada a respeito. Acumula conhecimentos e habilidades e nunca coloca nada em prática.

Não seja uma dessas pessoas.

Da minha parte, prometo focar mais nas atitudes que você deve ter em relação aos conhecimentos que compartilho aqui no blog, e não me limitar a compartilhar informações.

Espero que, com isso, possa ajudar você a acelerar o passo na direção de uma carreira de sucesso em TI e, por que não, uma vida plena de realizações e satisfação!

Gostou do texto de hoje? Deixa seu comentário aqui abaixo!

5 dicas para Profissionais de TI que desejam turbinar sua carreira em 2015

Dicas sucesso carreira TI
O novo ano chegou, e com ele novas resoluções.
Queremos mais, queremos melhor, a cada ano.
Mas não é fácil, por isso resolvi tentar ajudar, indicando tendências, tecnologias e técnicas que você deve se dedicar em 2015 pra alavancar sua carreira.

1 – Acompanhe as tendências tecnológicas

Esta primeira dica pode parecer bem óbvia para profissionais de TI, em especial para os mais experientes, mas não a subestime. Vejo todos os dias profissionais se perguntando porque não cresceram na carreira, sem perceber que estão absolutamente estagnados em tecnologias (quase) obsoletas (Windows, alguém ? :).
Internet das Coisas (IoT para os íntimos), Computação em Nuvem (Cloud), Big Data, Mobilidade, Segurança da Informação são algumas áreas que já são realidade em muitas empresas e têm alta demanda de profissionais qualificados, por isso vale a pena ficar atento às novidades nessas áreas.
E o melhor de tudo é que acompanhar o que acontece pode ser muito fácil.

2 – Foque em algo específico

Na minha opinião, ser generalista ajuda mais quando você já tem bastante experiência, pois é a experiência que vai permitir que sua visão geral sobre tecnologia seja útil para a empresa, pois você saberá quais as peças necessárias, mesmo que não saiba todos os detalhes para a montagem do quebra-cabeça.
Por isso, escolha um dos temas que indiquei e identifique soluções relacionadas (como o Hadoop para Big Data), e investigue suas características, pois assim você obterá um conhecimento mais específico e terá algum diferencial para oferecer a seus clientes e/ou empregadores.
Vejo muita gente reclamando de salário, mas que não é capaz de desenvolver um app móvel ou montar uma infraestrutura na nuvem, só pra citar duas habilidades essenciais para desenvolvedores e profissionais de infra, respectivamente.
Descubra e invista na sua especialidade, aquilo que você tem motivação suficiente pra fazer melhor que ninguém, e o caminho do sucesso começará a se tornar viável.

3 – Documente seu aprendizado

Pode ser num blog, num ebook, num app tipo Evernote, num caderno, onde quiser.
Mas escreva sobre o que aprender, e seu aprendizado será maior, melhor e, se for documentado num espaço público, vai se tornar seu portfólio e servir de vitrine pra potenciais clientes e/ou empregadores através da Internet.
Sem falar que a documentação vai servir para consultas futuras, afinal nossa memória não é infalível.
Já perdi as contas de quantas vezes consultei o blog pra tirar alguma dúvida, confirmar uma informação, etc.

4 – Compartilhe o que aprender (ajudando pessoas)

Sabe uma coisa que as pessoas não costumam esquecer ?
Quem resolveu um problema pra elas.
Se alguém tem um problema e você ajuda a resolver, automagicamente você se torna referência pra ela.
Fica fácil entender, portanto, que quanto mais você fizer isso, mais pessoas lembrarão de você.
Em especial, as pessoas vão lembrar de você quando surgirem oportunidades.
Mas atenção!
Se meter a fazer o que não sabe pode ter o efeito contrário, ou seja, você vai criar a fama de que é o profissional que não resolve nada, e isso as pessoas também não esquecem.
Pior, lembranças negativas são mais fortes que positivas, então já viu, né ? Você pode acabar com mais gente contraindicando você quando surgirem oportunidades.

5 – Aprenda a fazer networking nas redes sociais

As redes sociais são um meio que oferece uma quantidade absurda de oportunidades, basta estar preparado para aproveitá-las.
Só pra dar um exemplo, outro dia vi num grupo do LinkedIn uma mensagem onde alguém prometia fornecer dicas e informações sobre vagas, e pedia o email das pessoas.
Milhares forneceram.
Isto significa que, se você tem a solução pra alguma necessidade das pessoas, faça esta solução chegar ao conhecimento delas.
Caso contrário é como querer ganhar na loteria sem jogar. Simplesmente não funciona.
Utilize seu perfil nas redes sociais como uma descrição do que você é capaz de fazer, assim fica mais fácil entrar em contato com as oportunidades do mercado.
Participe de grupos no LinkedIn, Google+ e Facebook, acompanhe especialistas no Twitter, sempre mantendo o foco na especialidade que quer transformar no seu diferencial no mercado.

Conclusão

Tentei apontar aqui alguns caminhos para quem quer aproveitar as oportunidades do mercado de TI, que, apesar do momento problemático do país, surgirão ao longo de 2015 pra quem estiver preparado.
Eu acredito muito em dedicação e persistência, por isso recomento que acredite, persista e se dedique para alcançar seus objetivos e os resultados virão.
E você ? Concorda comigo ? Tem mais alguma dica pra 2015 ? Compartilha aí!