A habilidade #1 que todo profissional de TI precisa (e muitos não possuem!)

Relógio Analógico (Analogia)


Quem está na "estrada da Tecnologia da Informação" há mais de 15 anos, como eu, pode perceber o quanto o mercado se transformou ao longo do tempo. É bem verdade que há ciclos tecnológicos que de certa forma "se repetem", mas há uma diferença importante na realidade atual e futura para os profissionais de TI.

O mundo está mudando (e rápido)

Vivemos num mundo em que tudo é muito rápido: a comunicação é instantânea, os relacionamentos são efêmeros, as mudanças são frequentes, o curto prazo predomina.

Vejamos algumas evidências disso.

Por que ligar pra alguém, se posso mandar um "zap"?

Por que conversar com alguém por horas pra conhecer e estabelecer um relacionamento, se você pode cadastrar seu perfil num app e indicar suas preferências, de forma que o "casamento" de expectativas seja feito instantaneamente pelo aplicativo?

Empresas criadas há 3, 4 anos e que valem mais que empresas centenárias.

Profissões aparecem, mudam ou deixam de existir em intervalos cada vez menores.

O mesmo vale pra tecnologias.

Por tudo isso, creio que o futuro é open source, pois somente tecnologias abertas permitem o nível de agilidade necessário para se adaptar às mudanças constantes.

Basta observar algumas das tecnologias mais importantes de hoje: NuvemBig Data e Internet das Coisas (IoT). Note como todas estão rodeadas de soluções de código aberto relevantes e muito usadas em todo o mundo.

O risco que você está correndo (e talvez nem saiba!)

Fica óbvio, portanto, que muitas profissões estão sob grande risco.

Ah... mas você, que trabalha com TI, está salvo, certo?

ERRADO!

Algumas profissões ligadas a TI são muito vulneráveis, especialmente aquelas atreladas a tecnologias muito específicas (proprietárias, por exemplo).

Por isso, cuidado! Sua profissão, mesmo sendo de TI, pode não existir em 10 anos, ou até menos.

Aliás, um dos links indicados acima aponta que uma profissão recente do mercado de TI, Gestor de Mídias Sociais, pode estar com os dias contados.

Ficou preocupado?

A habilidade essencial do profissional moderno

O problema é grave, mas tem solução.

E a solução é simples, embora possa não ser fácil.

A solução é aprender.

Aprender mais.

Aprender melhor.

Acima de tudo, aprender a aprender.

Especialmente para você profissional de TI, desenvolver a habilidade de aprender com velocidade e consistência faz uma diferença absurda na manutenção e ampliação da sua empregabilidade.

Tome como exemplo um desenvolvedor especializado em uma linguagem de um fornecedor específico, digamos .Net, da Microsoft.

Suponha que este desenvolvedor perca seu emprego, e na sua cidade a maior parte das vagas seja para desenvolvedores Python. Algo nada improvável, diga-se de passagem.

Em quanto tempo você acha que este desenvolvedor conseguiria aprender Python?

A resposta, obviamente, depende do quanto este profissional está preparado pra (re)aprender.

E isso depende do quanto ele investiu em desenvolver técnicas que facilitem o aprendizado.

Este investimento pode ser direto (aprendendo a aprender por conta própria) ou indireto (fazendo cursos que utilizam metodologias que amplificam o aprendizado).

Pra deixar mais claro o que quero dizer com isso, vou usar um exemplo de um material que usei há alguns anos atrás num curso de Governança de TI que ministrei.

O material fazia um paralelo entre os processos de gestão de TI do ITIL e o filme Star Wars, e se chamava "Star Wars Death Star - What if ITIL had Joined the Dark Side?".

O material é simplesmente fantástico!

Comparações entre clones e Central de Serviços; ilustração de conceitos como caso de negócio, estratégia, papéis e processos; análise da causa da destruição da Estrela da Morte pelos Jedi; enfim, muito interessante mesmo.

Onde quero chegar com isso?

Num conceito muito importante que espero que você entenda e aplique: ANALOGIA.

Analogias são muito usadas em processos de aprendizado, justamente por sua eficácia.

Não é à toa que vemos tantas comparações dos mais variados assuntos com temas do cotidiano como futebol, restaurantes, música, cinema e outros.

A habilidade de fazer analogias era muito bem aplicada pelo nosso ex-presidente, por exemplo.

Fica muito mais fácil compreender o que é um incidente se eu te disser que uma falha num serviço de TI é equivalente ao integrante de uma banda ficar doente.

Pode nem haver show por conta disso, não é verdade? Veja então como fica óbvio que o incidente deve ser resolvido rapidamente, não é mesmo?

E, mais importante, se a analogia for bem feita, você não esquece nunca mais!

A imagem do início do texto é um exemplo disso.
Se você percebeu a analogia "imperfeita", coloque nos comentários. Garanto que não vai esquecer :)

Conclusão

Em suma, tenho dois objetivos com este texto.

Primeiro, alertar você profissional de TI para o perigo de não desenvolver a habilidade de aprender a aprender, pois disso depende sua empregabilidade no futuro.

Segundo, indicar um caminho para começar, seja fazendo cursos que adotem métodos mais eficazes de aprendizado duradouro, seja estudando por conta própria sobre técnicas para aprendizado.

Aliás, se quiser saber mais sobre técnicas de aprendizado, deixe seu comentário abaixo que posso indicar algumas que tenho lido a respeito.

Christian Guerreiro

Professor por vocação, blogueiro e servidor público por opção, amante da tecnologia e viciado em informação.


Ensino a distância em Tecnologia da Informação: Virtualização com VMware, Big Data com Hadoop, Certificação ITIL 2011 Foundations e muito mais.


Suporte o Tecnologia que Interessa!

Você acha que as informações compartilhadas aqui são úteis?
Então me ajude a produzir ainda mais e melhores conteúdos!


É muito fácil. Basta divulgar nossos treinamentos pra alguém que conheça!


E se for de Salvador, podemos estruturar um curso presencial para sua empresa!

Eu vou ficar muito grato (e quem fizer os curso também :)!