Conhecer ferramentas e utilitários que simplificam as tarefas administrativas do dia a dia do administrator de ambientes virtualizados faz uma diferença gigantesca (não é exagero!) na sua produtividade.

Infelizmente, você não deve esperar ser capaz de gerenciar a infraestrutura virtual de tecnologia da empresa sem algumas das ferramentas importantes. Não dá pra contar apenas com as ferramentas fornecidas pelo fabricante, e não importa se seus servidores virtuais estão na plataforma da VMware, Microsoft HyperV, Citrix XenServer ou Proxmox.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a real utilidade destas ferramentas complementares, confira a lista a seguir. Depois pode deixar seu agradecimento nos comentários 🙂

Fiz o levantamento das ferramentas relacionadas a seguir pensando num ambiente VMware, que é onde tenho bastante experiência. Já usei a maioria das ferramentas da lista, e algumas delas podem ser usadas em vários tipos de ambientes e plataformas de virtualização.

Um último detalhe importante: dei prioridade a ferramentas gratuitas, o que pelo menos tenham versão gratuita, já que alguns fornecedores oferecem soluções substitutas para as ferramentas listadas aqui, porém o custo é muitas vezes proibitivo.

Assim, considere esta lista não apenas como uma sugestão de ferramentas para melhorar sua produtividade ao monitorar sua infra virtual, identificar e resolver problemas, mas também como uma “carta na manga” para economizar, evitando os altos custos de algumas soluções que oferecem pouco mais (ou até menos em alguns casos) do que é possível obter com soluções gratuitas.

Agora chega… vamos à lista!

1. VMware Workstation Player

O VMware Workstation Player permite criar máquinas virtuais seguras e isoladas que encapsulam um sistema operacional e sua aplicação. Ao contrário do hypervisor ESXi, que deve ser instalado num servidor dedicado a ser host de máquinas virtuais, o player deve ser instalado na sua máquina, e permite montar um ambiente de laboratório para explorar recursos das várias plataformas de virtualização, ou simplesmente usar para hospedar máquinas virtuais no seu desktop.

Na minha experiência, o VMware Workstation Player é mais robusto que o Virtualbox, embora seja mais pesado. Já consegui montar um laboratório com ele fazendo aninhamento de ESXi, ou seja, consegui instalar um ESXi “embaixo” de um player no meu notebook, e assim criar um ambiente de laboratório com hypervisor, servidor vCenter e máquinas virtuais clientes para usar em meus treinamentos de VMware. Tudo isso num notebook de 8GB!

Baixar o VMware Workstation Player.

2. VMware Converter

O VMware Converter é o utilitário gratuito da VMware que ajuda a converter suas máquinas físicas ou virtuais baseadas em Windows e Linux (e até formatos de imagem de terceiros, como imagens de backup), em máquinas virtuais VMware.

Com este verdadeiro canivete suiço do P2V (Phisical do Virtual)/V2V (Virtual to Virtual) você converte basicamente qualquer sistema, físico ou virtual, local ou remoto, pra uma máquina virtual VMware.

Também é possível migrar VMs de um ambiente pra outro usando o Converter. Esta é uma característica especialmente importante pra quem usa a versão gratuita do ESXi, pois dá pra usar o Converter até pra fazer um backup “a quente” da VM, ainda que não seja possível automatizar o processo.

O Converter é, portanto, item obrigatório no arsenal do administrador de ambientes virtuais VMware.

Baixar o VMware Converter.

3. Putty

Se você é daqueles sysadmins que defendem a ideia de que não precisa da linha de comando, lamento muito informar, mas você está muito enganado. Até a Microsoft, tradicional fornecedora de algumas das melhores interfaces gráficas em termos de facilidade de uso para diversas ferramentas, já se rendeu à linha de comando e investe pesado na sua plataforma Powershell, além das integrações com outras plataformas, especialmente Linux.

Além disso, não é raro precisar recorrer à linha de comando para acessar através de SSH o host ESXi para verificar um problema de conexão com o vCenter ou alguma instabilidade que impede de conectar através do Web Client. Embora a plataforma esteja cada dia mais robusta e confiável, por muitas vezes precisei acessar o ESXi via SSH para “resetar” processos de gerenciamento, reiniciando alguns processos para que pudesse voltar a conectar na interface web da plataforma. Isso sem contar as ferramentas de linha de comando do ESXi para resolver problemas mais “cascudos”, como editar manualmente configurações de VMs pra recuperar discos corrompidos ou reparar problemas de falta de espaço no datastore com remanejamento manual de VMs.

Saiba mais...  Controle o acesso ao #Microsoft Active Directory com o AD LDS (antigo ADAM)

Portanto, não tem jeito, um cliente SSH é essencial para a gestão do seu ambiente virtual, seja para conectar nos servidores Linux ou no próprio host de virtualização. E o Putty é provavelmente a melhor alternativa, uma ferramenta consagrada pela comunidade de usuários e desenvolvedores.

O PuTTY é um shell SSH seguro gratuito que você pode usar para conectar e gerenciar seus hosts ESXi, o appliance do vCenter e outros dispositivos VMware, como o NSX Manager, o vRealize Log insight, o gerenciador do vSphere Replication, etc.

Baixar o Putty.

4. WinSCP e Veeam FastSCP

O WinSCP é um cliente SFTP, FTP, WebDAV e SCP gratuito e de código aberto para o Microsoft Windows. Sua principal função é a transferência segura de arquivos entre um computador local e um remoto. O WinSCP é frequentemente usado para transferir arquivos entre VMs, e pode também ser usado para coletar dados de suporte da VM gerados no host ESXi e fazer upload do arquivo para o suporte da VMware. Qualquer transferência de arquivos que envolva pelo menos um servidor Linux fica muito mais fácil com o WinSCP.

Download do WinSCP.

Já o Veeam FastSCP, menos conhecido, pode copiar arquivos mais de 6 vezes mais rápido que o WinSCP e outras ferramentas baseadas em SCP, já que ele usa a capacidade total da rede. O Veeam FastSCP também inclui compactação de tráfego e remoção de blocos vazios para melhor desempenho na cópia de arquivos.

O Veeam FastSCP é uma ferramenta gratuita, que hoje faz parte da solução Veeam Backup Community Edition, recém lançada pela Veeam, como noticiamos aqui.

Download do Veeam FastSCP.

5. VMware PowerCLI

Como já dissemos, a linha de comando é inevitável. E isso não é uma coisa ruim. Uma das provas disso é o VMware PowerCLI, uma poderosa ferramenta de linha de comando que permite automatizar todos os aspectos do gerenciamento do vSphere, incluindo rede, armazenamento, VMs e muito mais.

Você pode usar scripts do PowerCLI para executar a automação de suas tarefas do dia a dia. Isso economiza muito tempo e esforço dos administradores da suite vSphere. É uma das ferramentas de administração VMware essenciais para os administradores automatizarem o gerenciamento da plataforma.

E sabe a melhor parte? Há uma comunidade de desenvolvedores de scripts PowerCLI onde você pode encontrar praticamente tudo que imaginar em termos de scripts para automação do ambiente virtual. Desde o famoso script de backup GhettoVCB até scripts pra checar configurações do host e gerar relatórios com foco em desempenho, segurança e melhores práticas.

Baixar VMware PowerCLI.

6. RVTools

RVTools é uma ferramenta espetacular para exibir uma infinidade de informações sobre suas máquinas virtuais, hosts ESXi e outros aspectos da sua infraestrutura virtual. O RVTools não apenas exibe informações sobre sua infraestrutura Virtual, mas também é capaz de executar algumas ações administrativas.

O RVTools é capaz de listar informações sobre VMs, CPU, memória, discos, partições, rede, unidades de disquete, unidades de CD, snapshots, VMware Tools, Resource Pools, clusters, hosts ESXi, HBAs, switches, portas, Datastores, informações de licença, verificações de integridade e muito mais. Isso tudo com suporte desde versões antigas como ESX 3.5 e VirtualCenter 2.5! Uma vez conversei com um aluno do meu curso de VMware que ainda usava o ESXi 4.1.

Pra você ter uma ideia da fama desta ferramenta, já recebi solicitação de fornecedor de soluções que se integram com VMware, pedindo pra usar o RVTools pra coletar umas informações sobre o ambiente, pois era mais fácil de analisar, já que a ferramenta, além de coletar muitos detalhes do ambiente virtual, ainda permite exportar os dados em formato planilha.

Baixar RVTools.

7. VisualEsxtop

Todo administrador do VMware já usou alguma vez o comando esxtop para monitorar e solucionar problemas de desempenho de hosts ESXi e máquinas virtuais em sua infraestrutura virtual. VisualEsxtop é uma versão aprimorada do resxtop e do esxtop. O VisualEsxtop pode se conectar a hosts VMware vCenter Server ou ESXi e exibir estatísticas do host com uma interface de usuário melhor e recursos mais avançados.

Saiba mais...  Compre barato!

Alguns dos recursos da ferramenta são:

  • Conexão “live” com o host ESXi ou o vCenter Server
  • Carregar saída em lote e reproduzí-la
  • Várias janelas para exibir dados diferentes ao mesmo tempo
  • Gráfico de linhas para contadores de desempenho selecionados
  • Seleção e filtragem flexíveis de contadores
  • Dica de ferramenta incorporada para descrição do contador
  • Codificação por cores para contadores importantes

Download do VisualEsxtop.

8. Auditor for VMware

Esta outra ferramenta permite obter visibilidade sobre alterações que ocorrem na sua infraestrutura virtual VMware, incluindo mudanças em datacenters, servidor do vCenter, hosts ESXi, resource pools, clusters, pastas, VMs, e outros objetos. A ferramenta é gratuita porém requer um registro no site da Netwrix (basta informar o email) para realizar o download.

 9. Autoconf iSCSI

Esta ferramenta permite realizar a configuração iSCSI seguindo as melhores práticas da VMware de forma simplificada, pois ela cuida dos detalhes como descoberta de vmnics, vmhbas, vswitches, vmkernel, configuração de switches virtuais e portas (incluindo jumbo frame se necessário), endereçamento IP, link entre interfaces e switches virtuais, binds, balanceamento de carga das requisiçoes e outros detalhes técnicos. No mínimo é útil pra não esquecer nenhum detalhe, pois quem já fez esse tipo de configuração sabe como é chato lembrar de tudo que é necessário configurar. A ferramenta é gratuita e você pode realizar o download aqui.

 10. LPAR2RRD

Esta ferramenta vem na forma de um appliance virtual em vários formatos, incluindo OVF e Docker, e permite monitorar ambientes AIX, VMware, oVirt, XenServer e Solaris, obtendo informações de desempenho sobre máquinas virtuais e hosts. As informações variam de acordo com a plataforma, e a versão para VMware permite obser os mapas de calor ilustrados acima, com informações de desempenho de VMs e hosts, além de coletar informações de uso de processador e memória por processos, agregar várias métricas num mesmo gráfico, e gerar relatórios em PDF com dados diários, semanais e mensais. A ferramenta é gratuita e você pode realizar o download aqui.

 11. Backup Calculator

Esta outra ferramenta é muito simples e útil ao mesmo tempo, pois permite calcular o espaço necessário para o backup do seu ambiente virtual fornecendo as informações necessárias sobre o tamanho do seu ambiente virtual, incluindo volume de dados, percentual de alterações, quantidade de backups full e incrementais por semana e mês, janela de backup, taxa de compressão e deduplicação, além do custo de armazenamento. Com tudo isso a ferramenta calcula o espaço necessário para armazenar os backups, a duração de acordo com a velocidade da rede, ou seja, permite estimar como vai funcionar o backup na nuvem, e ainda a velocidade esperada para os backups full e incremental. Muito útil pra auxiliar no planejamento de um backup na nuvem ou offsite! A ferramenta é online e você pode acessar aqui.

 12. SDDC Discovery Tool

Esta ferramenta é um FLING da VMware, ou seja, é tipo um projeto de final de semana de algum funcionário que, se der certo, pode ser integrado à plataforma. A nova interface web, por exemplo, começou assim. Espero que isso ocorra também com esta ferramenta, pois ela fornece um dos recursos que mais sinto falta do cliente antigo, que são os mapas, provendo uma visão ampla do ambiente virtual e indo além, exibindo informações sobre os produtos instalados/registrados e muitos detalhes da infraestrutura virtual, desde nomes de VMs até endereços IP e outras informações. Além disso, permite salvar o resultado de cada varredura e comparar, analisando as mudanças no ambiente virtual ao longo do tempo. A ferramenta é gratuita e você pode realizar o download aqui.

 13. vSphere Configuration Backup

Esta ferramenta facilita o backup das configurações dos hosts ESXi e bases de dados SQL, e suporta multiplos appliances vCSA, hosts ESXi, gerencia retenções dos backups, faz compressão e versiona os backups das configurações. A ferramenta é gratuita e você pode realizar o download aqui.

 14. vSphere Management Assistant

Esta ferramenta é uma VM Linux que vem pré-instalada com vSphere command-line interface e o vSphere SDK for Perl. Isto evita que você tenha que instalar estas ferramentas num servidor ou na sua máquina pra executar algum script para monitorar o ambiente virtual, coletar informações ou mesmo automatizar uma tarefa usando as dezenas de scripts disponíveis no repositório do Github. A ferramenta é gratuita e você pode realizar o download aqui.

Saiba mais...  Giro de Notícias 34ª Edição (Aprender Idiomas Fácil, Data Storytelling, VMware vSphere U2, Azure Security Center, Sacudindo Janelas, Macacos Autistas)

 15. XSI Backup

Esta ferramenta é uma solução de backup que suporta a versão gratuita do ESXi e permite automatizar seus backups “a quente”, algo crítico pra quem usa a versão gratuita do hypervisor e vive fazendo malabarismos pra ter backups confiáveis do ambiente. A ferramenta é gratuita e você pode realizar o download aqui.

 16. Splunk Light

Esta ferramenta é um analisador de logs em tempo real, com recursos como pesquisa, dashboards dinâmicos. É um tipo de plataforma que vem ganhando cada vez mais importância à medida que os ambientes ficam mais complexos e exigem maior inteligência das ferramentas para análise do que está acontecendo no ambiente e, mais importante, o que realmente merece a sua atenção, o seu escasso tempo. A ferramenta tem versão gratuita porém requer um registro no site para realizar o download.

 17. The Ultimate Deployment Appliance

Esta ferramenta é um appliance virtual que traz um servidor PXE/TFTP/Web, e inclui ainda uma lista de imagens em formato OVA/OVF de sistemas Linux extremamente reduzidos, como o Slitaz e o MicroCore Linux, e otimizados para uso como VMs, já trazendo o open vmware tools, por exemplo. Esta ferramenta é útil tanto pra quem quer montar um laboratório virtual em casa, como pra instrutores que precisam montar um ambiente de aulas usando o mínimo possível de infraestrutura (eu já fiz isso apenas com o meu notebook! 🙂 ou mesmo pra servir como servidor de imagens para deploy automático de VMs e até mesmo de hosts ESXi. A ferramenta é gratuita e você pode realizar o download aqui.

 18. Powershell Plus

Esta ferramenta é um ambiende de desenvolvimento (IDE) que facilita a criação de scripts Powershell. Se você ainda não conhece esta linguagem da Microsoft, precisa conhecer, pois auxilia muito na hora de coletar informações do AD e de servidores e estações Windows, local ou remotamente, podendo servir de alternativa caseira para soluções comerciais caras que fornecem recursos de administração que a Microsoft não fornece, como a gestão de logons e expiração de senha dos usuários. Além da integração com outras plataformas como a VMware, permitindo usar Powershell pra obter informações sobre o ambiente virtual. Esta IDE promete mais facilidade e agilidade para dominar os comandos do Powershell. A ferramenta é gratuita porém requer um registro no site para realizar o download.

 19. Account Lockout Examiner

Esta ferramenta permite notificar administradores sobre bloqueio de contas no domínio do Microsoft Active Directory e ajuda a determinar a causa raiz caso esta situação se repita com frequência para algum usuário da rede. Também funciona em dispositivos móveis. A ferramenta é gratuita porém requer um registro no site da Netwrix (basta informar o email) para realizar o download. Eu detesto esse tipo de coisa, mas se a ferramenta é útil vale a pena o transtorno.

 20. Auditor for Active Directory

Esta outra ferramenta permite obter visibilidade sobre alterações que ocorrem no AD, desde logons, mudanças em usuários e grupos, OUs, GPOs e outras políticas. A ferramenta é gratuita porém requer um registro no site da Netwrix (basta informar o email) para realizar o download.

 21. Auditor for Windows File Server

Esta outra ferramenta permite obter visibilidade sobre alterações no servidor de arquivos, seja em pastas, documentos, compartilhamentos e permissões, além de registrar arquivos e pastas novos ou excluídos, e tentativas de acesso ao servidor. A ferramenta é gratuita porém requer um registro no site da Netwrix (basta informar o email) para realizar o download.

Conclusão

Esta é uma lista de ferramentas que considero muito úteis para administradores de ambientes virtuais em geral, e algumas delas são úteis até pra quem não gerencia plataformas de virtualização. Espero que possa aproveitar algumas das ferramentas indicadas, e se puder deixar seu feedback aqui ou tiver dicas pra complementar a lista, fique à vontade, vou ficar muito feliz e grato 🙂