A busca no #Google por outro ângulo

Refletindo sobre alguns artigos muito interessantes que li recentemente, resolvi escrever este texto, considerando uma perspectiva diferente quanto à busca do Google. Esta lógica pode ser aplicada a diversas outras realidades, como o uso de apps, tão comum atualmente. O fato é que a web, a TV, o smartphone, etc, são plataformas de negócios, e cada vez que interagimos com estas mídias estamos participando deste jogo (sujo?) de interesses.Vejamos a busca do Google, então.Suponha que você está querendo fazer um curso, e busca uma universidade que possa atender às suas necessidades. Como você não tem muito tempo, resolveu buscar por cursos a distância, que pudesse fazer via web, no seu tempo. Foi lá no site da Big G e digitou: “ensino a distância”. O resultado da busca é mostrado na imagem acima.Agora observe os destaques da imagem.1 – No topo da página, as empresas que pagaram mais caro para terem seus resultados exibidos no topo da página para a referida palavra-chave. Confesso que tenho uma “picuinha” que me faz evitar clicar nestes links :)2 – Note como o espaço para os resultados “normais” é reduzido (cerca de 25% da tela). Vale destacar que para aparecer na primeira página de resultados do Google é necessário fazer um trabalho excepcional de otimização para buscas, o famoso SEO.3 – Do lado direito, as empresas não tão abastadas, mas que também querem o privilégio de aparecer com destaque na página de resultados para a palavra-chave.4 – Como eu estava logado na minha conta do Google ao fazer a busca, isto fica armazenado no histórico (supostamente por 180 dias), o que vai ME (!) ajudar a obter melhores resultados na busca, mas PRINCIPALMENTE, vai ajudar a Google a definir com mais eficácia o público alvo para os anunciantes.Observe como, numa simples busca no Google, você é o cliente e o produto ao mesmo tempo!Portanto, caro leitor, saiba que a web nada mais é que uma extensão do mundo real, com todas as suas benesses e riscos. Mas não precisa se desesperar (ainda). Com alguns cuidados dá pra conviver bem com a web.

RSSE-MailIconIcon